quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Síndrome da Dersarmonia Corporal

Síndrome da Desarmonia Corporal. Esta é forma atual de se referi ao conjunto de alterações que se apresentam quase sempre associadas e que afetam o corpo feminino, comprometendo à estética da mulher.
Modernamente o enfoque do cuidado corporal na cabine de estética
envolve os quatros elementos que compõem a chamada Síndrome da Desarmonia Corporal:

- Celulite
- Excesso de gordura
- Lipodistrofia localizada

- Flacidez muscular
Celulite

Histologicamente a celulite ou hidrolipodistrofia é o resultado da alteração do tecido conectivo subcutâneo – hipoderme - tornando-a rígida e aprisionando células de gordura. Esse processo é acompanhado por uma vasodilatação com stases venosa e linfática. O tecido conjuntivo intercelular torna-se mais viscoso devido à ação polimerizativa de certos mucopolissacarídeos, o que resulta na redução considerável das trocas metabólicas entre as células e o sistema linfático. Do ponto de vista patológico, a celulite é uma alteração da microcirculação que afeta o tecido adiposo subcutâneo, associada à saturação hídrica que dificulta os intercâmbios celulares. A glicose extravasada inunda o tecido conjuntivo e esclerosa os seus componentes dérmicos, deteriorando as fibras de colágeno e de elastina, criando as fibroses retráteis, o que dá o aspecto de “casca de laranja”.

Dentre as diversas causas para o desenvolvimento da celulite ressaltamos:

Fatores endócrinos

- hormônios sexuais, glucagon, insulina entre outros desempenham um papel importante pois
controlam as operações metabólicas;
- Maus hábitos alimentares

- O consumo excessivo de carboidratos estimula a secreção de insulina e este hormônio favorece a lipogênese;
- Atividade física insuficiente que levam a insuficiências venosa e linfática.


Excesso de gordura

O excesso de gordura pode se manifestar como peso acima do normal, ou ainda excesso de
gordura na composição corporal.
Neste último caso a cliente apresenta uma proporção maior de gordura em relação à massa magra. A distribuição ideal da composição corporal é: 20% de gordura e 80% de massa magra, representada por músculos, ossos e órgãos.
Por exemplo: uma mulher de 1,59 m de altura, que pesa 55 quilos, apresenta um peso normal, mas se sua composição corporal for de 33% de gordura e 66 % de massa magra ela terá um

excesso de gordura no corpo e falta de musculatura.

Lipodistrofia localizada

Ou gordura localizada pode ocorrer até mesmo em mulheres “malhadas”, com pouca gordura corporal, porém o tecido adiposo se deposita de forma concentrada na região do quadril, por exemplo. Essa projeção de gordura em determinados locais (culote feminino e abdome masculino) pode ocorrer mesmo em pessoas sem excesso de peso, levando ao comprometimento da harmonia do contorno corporal. A combinação dos elementos, músculo e gordura, pode variar de acordo com o sexo, com o fator racial e com a idade levando à combinações diferentes e uma conformação corporal típica.

Flacidez muscular

A projeção das mamas e glúteos, o torneado das pernas e coxas compõem as curvas e volumes responsáveis pela sensualidade do corpo feminino. A tonicidade ou firmeza da musculaturadestas regiões portanto são essenciais à beleza feminina.

Correção da desarmonia corporal

Como vimos, a síndrome da desarmonia corporal pode se manifestar em várias combinações: presença da celulite, excesso de peso, gordura localizada e flacidezmuscular. O tratamento destas manifestaçõesque se apresentam frequentemente associadas o corpo feminino, depende
de uma equipe multi - disciplinarque envolve o médico, o nutricionista, o preparador físico, o fisioterapeuta e o esteticista entre outros, para o sucesso do tratamento e a satisfação da cliente.

Técnica de definição do IMC

Durante o preenchimento da ficha de anamnese corporal, o Fisioterapeuta pode avaliar sobre o excesso de peso, definindo o IMC da sua cliente.
A altura deverá ser medida com a clientesem sapatos, pés unidos, com calcanharesencostados na parede ou na barra de escala de medidas. O topo da orelhae ângulo externo do olho deverão estar alinhados em paralelo com o teto.
O Ideal é que a pesagem seja realizada em balança antropométrica (aquela utilizada
no consultório médico), calibrada. A cliente deve ser pesada vestindo roupas leves ou sem roupas e descalça.

O Índice de Massa Corporal calcula-se dividindo o peso da cliente em kg, pela sua altura em metros elevados ao quadrado. O valor obtido estabelece o diagnóstico.

Tratamento

O tratamento da Síndrome de Desarmonia Corporal pode ser dividido em duas partes: a que depende do paciente e a que depende do profissional da clínica.

O que depende do paciente

O que depende do paciente é importante e é o mais difícil, porque se uma pessoa quiser mudar o seu contorno corporal deve mudar os seus hábitos. Você é aquilo que você vive. Quem gosta de vida boa e muita comida e bebida vai ter o contorno corporal associado á esse tipo de vida. Quem tem alimentação saudável e pratica exercícios vai ter o contorno corporal associado á esses hábitos saudáveis. A mente não deve se dissociar do corpo. Saúde e beleza devem andar juntas para compor com a mente sadia e a cultura um ideal de qualidade de vida. O binômio alimentação saudável e exercícios são a base da boa saúde e da boa aparência e sem dúvida não é fácil de praticar. Com certeza não é impossível ter uma atitude de vida saudável, porque uma grande e cada vez maior parcela da população o fazem, levando mesmo em anos recentes á um aumento da expectativa de vida. Tratar da Síndrome de Desarmonia Corporal, então, tem um importante reflexo na qualidade de vida como um todo e essas medidas seguramente serão benéficas para todo o corpo e não só para a sua superfície.

O que depende da Clínica

Tem que prevê o tratamento global e personalizado. Ou seja, todas as alterações da Síndrome de Desarmonia Corporal, incluindo a Celulite, a Gordura Localizada, a Flacidez Muscular e os Excessos de Gordura, são atendidas (global), mas de uma maneira personalizada (para cada paciente é desenhado um programa de tratamento).
Pode ser dividido em fases:
Na fase 1: é realizada consulta Clínica por médico e exames, avaliação com fisioterapeutas, nutricionista e preparador físico.
Na fase 2: é dada uma ampla orientação incluindo reeducação alimentar, orientação esportiva, esclarecimentos sobre todos os tratamentos disponíveis e é estabelecido um programa personalizado e o prognóstico para cada caso.
Na fase 3: são realizados os tratamentos, os mais modernos, mas com rigorosa base científica, e personalizados para cada paciente, dependendo do encontrado nos exames e consulta.
Na fase 4: é realizada a manutenção, porque não basta obter os resultados, mas eles têm que ser mantidos.


Para o tratamento do excesso de gordura é necessária a reeducação alimentar, pois os adipócitos podem multiplicar o seu tamanho 5/10 ou mais vezes, e ao se agruparem em nódulos,
comprimemos vasos sanguíneos e linfáticos que sob pressão, deixam escapar as toxinas e líquidos
agravando a celulite. Para a flacidez muscular, os exercícios são essências
e incluem atividades aeróbicas como:natação, andar-correr, bicicleta ergométrica e anaeróbica, como a musculaçãoque também estimulam a circulação.
Para gordura localizada e celulite existem
diversos tratamentos clínicos, alguns realizados por médicos e outros por Fisioterapeutas, que no geral incluem a Intradermoterapia (infiltração de substâncias lipolíticas), Hidrolipoclasia (através do ultra-som), Carboxiterapia (administraçãodo ANIDRO CARBÔNICO - CO²
no tecido subcutâneo - hipoderme) e até cirurgia, como é o caso da subcisão.
A subcisão, realizada como uma agulha especial, cuja ponta possue uma microlanceta,
é indicada para as depressões (covinhas que ocorrem na celulite).

O tratamento da celulite deve ser preferencialmente
preventivo e auxiliar, em razão de sua etiologia diversa. O principal fator que colabora para o aparecimento da celulite é o aspecto hormonal, decorrente da presença de estrogênio que causa hipertrofia das células adiposas.
As formulações dos produtos cosméticos modernos para os cuidados estéticos corporais, além de integrarem substâncias específicas para o combate da

celulite, podem incluir ativos de ação comprovada para inibir a lipogênese e estimular a lipólise, atuando nos receptores dos adipócitos, desempenhando assim um papel importante nocontrole da Síndrome da Desarmonia Corporal.
As células de gordura são mais que simples depósitos onde são armazenadastodas as “sobrecargas” calóricas. Ao contrário do que se acreditava, as células de gordura estão

metabolicamenteativas e em operação permanente. Desempenham um papel importante no controle de energia do organismo, através de dois mecanismos antagônicos:
- Lipogênese: biosíntese e armazenagem de triglicerídios de acordo com o acréscimo de ácidos graxos que circulam através das células de gorduras e com a transformação de glucose em
glicerofosfato(substância de reserva aser transformada em energia).
- Lipólise: hidrólise dos triglicerídiosem ácidos graxos e glicerol. O ácido graxo resultante pode ser novamente esterificado à triglicerídios, enquanto o glicerol não pode mais ser utilizado pela célula de gordura. A lipólise é controlada por vários sistemas receptores e enzimáticos.

Esta situação dificulta a drenagemlinfática, provocando desta maneira,retenção de líquidos, acúmulo de gordura e de toxinas.

“A estética possui um arsenal eficiente de tratamentos. Mas é preciso também praticar atividades físicas, uma alimentação saudável e beber bastante água.“

Marcelle Matoso.

Um comentário:

gucha disse...

PARABÉNS PELA QUALIDADE DO SEU TEXTO.
ATENCIOSAMENTE
HORTÊNSIA MAAI