terça-feira, 1 de abril de 2008

Conhecendo o Sistema Tegumentar (Pele)

O sistema tegumentar pela pele juntamente com os seus anexos (unhas, pêlos, glândulas) é formado por duas camadas distintas, firmemente unidas entre si: a epiderme e a derme. A pele é o manto de revestimento do organismo, indispensável á vida e que isola os componentes orgânicos do meio exterior. Constitui em complexa estrutura de tecidos de várias naturezas, dispostos inter-relacionados de modo a adequar-se, de maneira harmônica ao desempenho de suas funções. (SAMPAIO & RIVITI, 2000).
A pele ou cútis, é o maior órgão do corpo humano, corresponde a 15% do peso corporal, seu teor de água é cerca de 70%, com peso de aproximadamente de 4,5 a 5,0 quilos, sua espessura situa-se entre 0,5 e 4,0 mm. Apresenta grandes variações ao longo de sua extensão, sendo ora mais flexível e elástica, ora mais rígida.
Superfície composta por sulcos e saliências: DERMATÓGLIFOS (impressões palmo plantares). Variações e pregas articulares e musculares, orifícios pilossebáceos e orifícios sudoríparos. A aparência da pele depende de uma série de fatores como: idade, sexo, clima, alimentação e estado de saúde do indivíduo, sendo que a cor da pele depende do fator genético racial (pigmento/melanina), regional, sexual e de conteúdo sanguíneos dos vasos. A camada superficial da pele: conhecida como EPIDERME, é um epitélio multiestratificado, formado por várias camadas (estratos) de células achatadas (epitélio pavimentoso) justapostas.

Pode ser dividida em quatro camadas:
  • Camada Germinativa Basal: local aonde se gera novas células da pele, células que se multiplicam continuamente; dessa maneira, as novas células geradas empurram as mais velhas para cima, em direção à superfície do corpo.
  • Camada espinhosa: como o próprio nome diz a célula dessa camada é de aspecto espinhoso tem importante função na manutenção da coesão das células da epiderme e, consequentemente, na resistência ao atrito.
  • Camada Granulosa: caracteriza-se por conter grânulos de querato-hialina que parecem estar associados com o fenômeno de queratinização dos epitélios.
  • Camada Lúcida: é constituída por várias camadas de células, achatadas e intimamente ligadas, das quais a maioria apresenta limites indistintos e perde todas as suas inclusões citoplasmáticas, exceto as fibras de queratina.
  • Camada Córnea: camada mais superficial da epiderme consiste de vários planos de células mortas intimamente ligadas.

Não há vasos sanguíneos na epiderme, o único meio de nutrição para as células da epiderme é através da difusão dos leitos capilares da derme.

Células da epiderme:
  • Melanócitos (responsável pela produção de pigmento melanina).
  • Queratinócitos (queratina mole é a camada granulosa da epiderme, bainha interna da raiz do pêlo e a medula do pêlo, queratina dura são a córtex do pêlo, unhas dos dedos).
  • Células de Langerhans (produzida pela medula óssea, estão localizadas em toda a epiderme, responsável por reconhecer os agentes agressores à pele, desencadea ação de células de defesa).

Depois da epiderme vem a DERME, camada espessa de tecido conjuntivo sobre a qual se apóia a epiderme. Na derme situam-se algumas fibras elásticas e reticulares, bem como muitas fibras colágenas que garante elasticidade e dá forma a pele.

Divisões de suas camadas:
  • Camada Papilar: camada pouco espessa de fibras colágenas finas, fibras elásticas, numerosos fibroblastos, substância intersticial (fundamental). Onde se localiza as papilas dérmicas. A camada papilar apresenta um suprimento sanguíneo bastante rico onde um grupo de capilares se estende para dentro do tecido conjuntivo (cristas), que se projeta paradentro da epiderme, fornecendo a sua nutrição e atuando na regulação térmica.
  • Camada Reticular: porção espessa, possui menos fibroblastos e sustância intersticial(fundamental) que a derme papilar, é constituída por tecido conjuntivo denso, os feixes de fibras colágenas que a compõem entrelaçam-se em um arranjo semelhante a uma rede.
  • Receptores Sensoriais:




Anexos da pele:
  • Glândulas Sudoríparas: são encontradas em toda a pele, produzem o suor, e tem grande importância na regulação da temperatura corporal.
  • Glândula Sebácea: são encontradas geralmente na derme, responsável pela produção do sebo.
  • Pêlos: são estruturas queratinizadas que se desenvolvem a partir de invaginações da epiderme. Sua cor, tamanho e disposição variam de acordo com a raça e a região do corpo.
  • Unhas: nas superfícies dorsais das falanges distais dos dedos das mãos e dos pés, os dois folhetos mais externos (a camada córnea e a camada transparente) são intensamente corneificado, formando as unhas.
Funções da Pele:

A sua função principal é a proteção do organismo das ameaças externas físicas (barreira contra microorganismo, água e luz solar excessiva), Hidrorregulação (o espessamento e queratinização da pele, são resultados da continua exposição ao ar; a pele se torna impermeável, impedindo a perda líquida; dificulta a absorção liquida quando submerso em água), Termorregulação (eliminando o suor regula a temperatura do corpo quando realizamos atividades físicas ou quando estamos em locais de alta temperatura), Absorção Cutânea (sintetiza melanina e queratina, mantém a síntese de vitamina D, que vai ser usada em outros locais do corpo, modificada no fígado e nos rins, e na circulação sanguínea regulando o metabolismo de cálcio e fósforo), Sensibilidade (calor, frio, pressão, tato, vibração), Impressões Digitais (identificação que não se repete para cada indivíduo mesmo que gêmeo), Evitar que objetos escorreguem ao serem segurados.

Marcelle Matoso.

2 comentários:

Anônimo disse...

Valeu... adorei tive uma ótima idéia de sistema tegumentar ao ler. Obrigada

Fernanda disse...

otimo resumo...muito facil o entendimento sobre sistema tegumentar ...obrigada